Amazon está sendo usada por golpistas na internet então veja como não cair

 179 views

Amazon está sendo usada por golpistas na internet então veja como não cair

Amazon está sendo usada por golpistas na internet então veja como não cair e acabar sendo prejudicado financeiramente com mais essa dos malfeitores

Mais um golpe envolvendo agora a Amazon Prime Day

Inúmeros domínios falsos em nome da Amazon

Na última segunda feira dia 21 de junho a Amazon realiza o Prime Day , um dia que promete descontos no estilo black friday em diversos produtos no seu site

Acontece que o evento também abre portas para falsários e estilionatários agirem em cima do evento promovendo o crime com criação de sites e links falsos e por esse motivo a atenção deve ser redobrada

Segundo dados da Check Point Research (CPR), no último mês, foram registrados aproximadamente 1200 novos dominíos com o nome da Amazon para a prática de crimes virtuais

O estudo também constatou que 30% dos domínios salvos com a palavra Amazon no período são suspeitos, enquanto outros 32%, com a

frase Amazon Prime , também aparecem como potencialmente perigosos.

O uso de domínios falsos já é uma prática antiga na internet . A ideia é atrair consumidores distraídos, que clicam na página sem saber que se trata de um link falso.

Em dias de grande procura, como durante o evento de promoções que ocorre entre hoje e amanhã, os cibercriminosos aproveitam as marcas da Amazon para encontrarem vítimas.

Golpistas no Amazon Prime Day

Uma forma de fazer as pessoas clicarem no link é enviando e-mails, também de contas falsas, anunciando supostas promoções.

Ao entrar nesse tipo de página, o usuário está sujeito a ter seus dados roubados .

A página pode instalar um malware no dispositivo da vítima, mas também pode pegar dados fornecidos de forma voluntária, como

informações de cartão de crédito, já que quem entra no site está pensando em comprar produtos online.

Segundo a CPR, em 2021, houve um aumento de 10% no registro de domínios falsos relacionados ao Amazon Prime Day quando

comparado ao mesmo evento no ano passado.

“A onda de megavazamentos de dados pessoais reforça cada vez mais necessidade de investimento por parte das organizações na

segurança e na conscientização do usuário remoto”, explica Claudio Bannwart, diretor regional da Check Point Software Brasil para o site da empresa.

Quer saber mais sobre cotidiano? Então clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *